Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Atendimento

0

Frete Grátis

A partir de R$150

Descontos

em pagamentos a vista

Pague com cartão

em ate 3x s/ juros

Segurança

Loja oficial

10/01/2024

Diabético pode comer arroz ou não?

Uma das primeiras coisas ditas quando alguém é diagnosticado com diabetes costuma ser: pare de comer arroz branco. E é, realmente, esse alimento pode ser um tanto perigoso de ser consumido de forma descuidada. 

Acontece que, na realidade, diabético pode comer arroz, sim. Só precisa de alguns cuidados especiais para evitar altos picos de glicose no sangue. Mas calma, vamos te explicar todos os detalhes aqui. Siga a leitura:

Afinal, diabético pode comer arroz?

É certo dizer que diabético pode comer arroz, mas não se pode consumir despretensiosamente. O problema desse alimento é que se trata de um carboidrato simples de alto índice glicêmico — e é transformado em açúcar no sangue muito rápido.

Ou seja, tem um alto potencial de picos glicêmicos, mas não se trata de um vilão para diabéticos. Na realidade, pode até mesmo fazer parte da dieta diária, mas precisa ser consumido com equilíbrio, cuidado e junto de alguns alimentos específicos.

Como um diabético pode comer arroz? 4 dicas práticas!

Uma colher de sopa de arroz tem 5 gramas de carboidrato simples, transformado rapidamente em glicose. Entretanto, quando equilibrado com o feijão, proteínas magras e fibras (como as presentes nas verduras), é possível frear esse pico glicêmico. Como colocar isso em prática? É o que vamos te ensinar:

1. Combine com Proteínas e Fibras

Uma das melhores formas de retardar a absorção do açúcar no sangue e assim evitar picos glicêmicos, é consumindo proteínas magras (frango, peixe e leguminosas) e fibras (vegetais). Um prato equilibrado é a chave para evitar as restrições alimentares da diabetes.

Confira também: Leite tem açúcar? Diabéticos podem tomar?

2. Controle as Porções

Sim, diabético pode comer arroz, mas não em grandes quantidades. Não adianta misturar com proteínas e fibras, se a quantidade de arroz for exorbitante. Se limite a porções menores e busque encontrar a saciedade comendo menos.

3. Consuma com Feijão

Nós mencionamos a proteína acima, mas vale a pena ressaltar que a melhor combinação é sempre com o feijão. 

Isso porque, além de todos os outros benéficos para a saúde, todos os nutrientes e vantagens desse alimento vão tornar o processo de digerir o arroz muito mais tranquilo (e com menos picos de glicose) 

4. Monitoramento Pós-Refeição

Após as refeições, é preferível que você fique de olho nas reações de seu corpo e como ele responde ao consumo desse alimento. É por meio dele que você tanto garante que o pico não seja grave, como também consegue entender a forma que seu corpo lida com o açúcar no sangue.

Confira também: como eliminar o excesso de açúcar no sangue

Quantas colheres de arroz o diabético pode comer?

Que diabético pode comer arroz você já sabe, mas a quantidade recomendada depende muito de cada corpo e de cada diabetes.

Por isso, é sempre melhor buscar uma recomendação médica antes de consumir. Mesmo assim, normalmente o ideal é comer 2 colheres de sopa por refeição.

O que substitui o arroz para diabéticos?

Como é um pouco complicado ficar monitorando todas às vezes que se come arroz, uma boa dica é variar entre outras opções de menor índice glicêmico, como as opções integrais, ou então usando quinoa, amaranto, batata-doce e espaguete de abobrinha. 

Esperamos ter tirado suas dúvidas e esclarecido bem o porquê diabético pode comer arroz. Em caso de dúvidas, é preferível que se busque um médico para orientá-lo. Aproveite também para conferir nosso artigo sobre o consumo de manga na diabetes, e até a próxima!